boa forma

No pain, no gain?

 

541345_151127248350416_100003594260354_189523_999733412_n

Pensa que eu não reclamo de malhar? Reclamo sim. Reclamei tanto do treino na sexta, que hoje o infeliz mandou essa foto e a perguntinha que odeio: “Tendeu ou quer que eu desenhe?”. Nojento. Pessoa esquece que sou a rata de laboratório dele, mas tuuuudo bem. Continuei reclamando…e tem que ser assim mesmo, treino bom dá prazer, não dor, cansaço, indisposição, mau humor e se der  é porque tem sim alguma coisa errada – no meu caso, confesso, pode até ter um corpinho mole – ele sabe, mas sinceramente, ou ele muda ou parto pro concorrente…tendeu, ou quer que eu desenhe?

Agora, não sei o que é pior, ele passar o treino ou eu fazer, já que ele tá perto pra conferir…boba? não, porque se eu não fizer, que sai perdendo sou eu…

Veio um pensamento agora, será que não é  auto sabotagem? Claro Cris, ficar na zona de conforto é bom mesmo. (Por isso a imagem, o texto, a pergunta).  Incrivel como as pessoas acreditam mais em mim do que eu mesma…ainda bem né? normalmente é o contrário…

Namastê!

Anúncios

no pain, no gain

 

SAM_0369SAM_0373

Mudamos o treino a cada 4 ou 6 semanas. Hoje virou, ficou mais puxado, pra dar um “up” e então reduzimos a intensidade de novo. Se der, venho contar mostrar como tá ficando o resultado…

 

 

[…relação de amor e ódio com esse treinador…mas nem sinto falta da época de fibro, quando ele tinha medo de mandar alongar…evolução chegando até aqui…]

Porque é tão dificil mudar os hábitos?

 

BLOG2

Tá dificil voltar a comer direitinho, fiquei tanto tempo sem comer que qualquer besteirinha que comia, era uma festa! Engraçado que eu não tinha fome nenhuma, nem das coisas que mais gostava de comer. Algumas coisas que gostava, hoje não gosto mais, bolo de nozes por exemplo, não posso nem ver! Aquela sopa de caneca tambem, tomava muito, porque é bem liquida, funcionava como remédio, tampava o nariz e engolia de uma vez! hoje nem posso pensar nela. Sucos, iogurtes de beber, água de coco…eu tentava comer, mas não conseguia, então o jeito era beber.
Emagreci horrores, tinha hora que olhava no espelho e via o reflexo dos dentes nas bochechas, ficava apavorada, não me reconhecia mais!
Depois a fome foi voltando e resolvi recuperar o peso perdido, recuperei, graças a Deus! Hoje a palavra emagrecimento foi riscada do meu vocabulário – troquei por boa forma ou mesmo saúde, porque estou num peso ótimo, mas meu condicionamento está péssimo!
Minha fome ainda não voltou ao normal, é estranho, mas não quero ser radical. Uma coisas mais importantes que aprendi foi a valorizar essas pequenas coisas como comer e dormir. Coisas que normalmente a gente nem dá importância, de tão natural que são.
Hoje tenho certa dificuldade com o sabor dos alimentos, é como se minha mente não reconhecesse que eu gosto dessa ou daquela fruta por exemplo. Então a saída é ir devagar, eu estou literalmente reaprendendo a comer. Não que minha alimentação esteja ruim, ela está é muito limitada. Fiquei sabendo que outras pessoas tambem passam por isso, pode ser um efeito colateral do medicamento ou não.
Ironicamente, comer bem ajuda no tratamento da depressão, básico né? A saúde entra pela boca. Então, tô me esforçando pra aplicar os conceitos que aprendi ao longo da vida e tambem pra seguir as recomendações médicas.
Só que tambem não tenho vontade de comer besteiras, ao contrário, cada dia mais sinto necessidade de comer coisas saudáveis, por mais que as frutas pareçam mais azedas que o normal e que a salada precise de muito tempero pra ficar saborosa.
As vezes me sinto como uma criança que não gosta de nada, enjoada é pouco. Daí tenho que camuflar alguns alimentos, facilitar o consumo ao máximo, por exemplo: deixo uma salada de frutas, gelatina, frutas descascadas e picadas na geladeira. Tudo pra facilitar o consumo e ativar a vontade. As vezes coloco uma calda de chocolate por cima da salada de fruta pra ficar mais saborosa (????), me pego até colocando açúcar!!!! um crime né? mas é o que tem pra hoje.
Sei que aos poucos vou mudar novamente meus hábitos e dessa vez pra melhor, se Deus quiser! Por enquanto tô pegando leve comigo mesma, tem que ter paciência. Uma coisa boa foi ter tirado o leite da alimentação, troquei pela soja e me sinto melhor. E eu preciso de energia pra me exercitar, manter o corpo e a mente ativos e as vezes me sinto fraca pela limitação alimentar.
O psiquiatra disse que sofri uma “pane no sistema”, quer dizer minha mente deixou de reconhecer alguns hábitos, por isso a dificuldade em voltar a me exercitar como antes e até de comer coisas que antes gostava. Isso mostra o quanto a depressão pode ser destruidora.
No começo tinha medo, agora não, pra mim isso sim é recomeçar.
Literalmente estou reaprendendo não só a viver, mas a comer, me exercitar, me aceitar, me amar…é um processo que tem que ser feito com calma e prazer, senão vira mais um transtorno e já tô satisfeita de transtornos por essa vida…

De TPM ninguem merece!!!!

df6nbww6_15dkff24c5_b

Hoje botei a mão na massa, nem a TPM e o inchaço me boicotaram, apesar da lerdeza (ando mais devagar que o normal) e do calor, consegui cumprir os objetivos do dia. Ganhei a assinatura de um programa de treinamento virtual, gostei porque os treinos são bem focados e simples do jeito que eu gosto. Hoje foi dia de cardio, 30 minutos de caminhada assim: 5 minutos a 5 km pra aquecer + 20 minutos de intervalo (2 minutos a 5,5 Km + 1 minuto a 6 Km) + 5 minutos a 4,5 km pra resfriar. Tambem fiz alongamento e a noite tem relaxamento: exercicios de respiração pra aquecer + alongamento pra relaxar+ relaxamento + meditação (dá um total de 15 minutos). Amanhã é dia de circuito local/aeróbico e tambem tenho terapia a noite – não vejo a hora!!!!

Tentei prestar bastante atenção na minha postura hoje, logo cedo vi no programa da Ana Maria Braga, uma reportagem falando disso, percebi quanta coisa errada eu faço com a minha todo dia…e como é dificil observar isso no meio da rotina, mas como tudo é questão de hábito, a saúde agradece, porque é horrivel sentir essas dores nos ombros, na lombar…

Comi direitinho, tem que comer a cada 3 horas – mas não tive muita fome, tomei litros e litros de água pra aliviar o inchaço, tambem fiz uma massagem pra ajudar e milagrosamente não precisei tomar remédio pra cólica. Preciso comprar alguns alimentos que o médico indicou, como castanhas, soja e iogurtes (preciso repor a fonte de cálcio do leite).

Por hoje é só, tô perdendo o jeito de blogar…rssss

Plano de boa forma

Proposta da terapia pra ajudar no resgate da auto estima:
Hoje vou olhar no espelho, de corpo inteiro, sem roupa e ver a realidade dele, e se tiver condições, hoje farei um plano para me cuidar. E porque começar pelo corpo? Óbvio. Porque bem ou mal, é nosso cartão de visitas e sofre muito com o estado emocional, a depressão deixa marcas imediatas e profundas, resultado do desleixo e dos maus hábitos, sem contar com os efeitos da insônia e da péssima alimentação e falta de atividade física. Além do mais essa atividade nos ensina a ser realistas e isso vai nos ajudar muito no processo de auto conhecimento.

Minha avaliação:

Corpo – junto com o peso, perdi o condicionamento físico e a definição muscular (que já não tinha muita). A tensão fica acumulada na barriga, a sindrome do intestino irritavel, provoca inchaço e tem a retenção líquida que só piora as coisas. Minha postura tambem está prejudicada, sabe aquela história de que o corpo fala? pois é, minha postura reflete a introspecção dos ultimos meses e isso tambem afeta os seios que parecem mais flácidos. Perdi o condicionamento cardiovascular (tenho falta de ar com frequencia) e isso incomoda bastante.
Pele – Já estou usando anti sinais, a pele já melhorou bastante, mas pode melhorar ainda mais se pelo menos reduzir o cigarro e a tensão. A pele tá bem hidratada e uma corzinha cairia bem!
Cabelo – Com brilho e bom corte, fiz uma térmica recentemente e o resultado ainda é ótimo!
Outros – Precisando fazer manicure/pedicure e depilação
A prova do crime – peso: 50,5 kg – cintura: 69 cm – quadril: 91 – coxa: 51

Tirei foteinhas pra mostrar o estrago. Vou tirando outras pra acompanhar o progesso.

SAM_0684SAM_0685SAM_0687

Meu plano:

Atividade física: aeróbico na esteira 3 vezes por semana e crossfit (circuito) 2 vezes
Reeducação alimentar: vou praticamente recomeçar do zero, porque perdi o gosto por certas coisas como algumas frutas e legumes
Outros cuidados: automassagem corporal, ginástica facial pra ajudar a desinchar e controlar as rugas. Cuidados diários com a pele como limpeza e hidratação. Tomar pelo menos 20 minutos de sol por dia (isso tambem é recomendação do psiquiatra por causa da vitamina D). Manter as unhas feitas e a depilação em dia. Fazer um day-spa em casa de vez em quando.
Urgente e importantissimo: reduzir o cigarro (quero parar, mas ainda não é a hora)

Início: 23/09