E porque eu vivo um dia de cada vez…

Sim, teve um dia que quase tomei um vidro de remédio de uma vez. Só não fiz porque minha cachorra pulou em mim choramingando e eu acordei. Interessante constatar que a dor da alma é tão grande que a gente nem vê o que fazendo, não pensa. Mas existe um Poder Superior que olha por nós e o meu falou comigo através da minha cachorra. Não pensei mais nisso e como aprendo na terapia, é hora de esquecer os prejuizos, deixar o passado no passado e viver um dia de cada vez.

Não é fácil.

Recaídas, recaídas, recaídas.

Mas só por hoje levantei…e vou continuar…

Adoro comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s