Transtorno de stress pós traumático

Aconteceu assim: no dia 3 de dezembro, meu pai foi atropelado por uma moto que desceu a ladeira em alta velocidade e na contra mão. Ele ficou muito machucado, eu e minha cunhada fomos as primeiras a chegar pra socorrer e pra ser bem sincrera, tava tão feio que a gente achou que ele não ia resistir. Mas, Deus existe e faz milagres – meu pai é um deles. Está com a perna e o braço imobilizados, mas se recuperando a cada dia. O atendimento no hospital foi dos melhores e até agora, quando vai lá, deixa o médico surpreso com a recuperação rápida que tem, principalmente levando em conta a idade dele.
Eu aguentei a primeira semana com firmeza, sem dormir, sem comer, mas firme (lembro que alguem comentou o quanto eu sou “valente”, eu tambem pensei que era). Mas, na segunda semana eu surtei. Não surto desses que a gente tem quando a ficha cai e a gente lembra o acontecido e chora e grita e esperneia e depois passa. Não. Eu não dormia, não comia, não conseguia relaxar, distrair, nada tava bom. Sentia um pavor tão grande que não dá pra explicar. No sábado ele teve alta e a noite eu tive um desmaio. No PS a médica falou que podia ser stress pós traumático, choque emocional ou pânico, enfim…eu podia escolher qualquer das opções…
Fiquei assim no Natal e Ano Novo, dá pra imaginar meu estado? Não, não dá. Eu fiquei de um jeito que me olhava no espelho e não me reconhecia mais. Emagreci muito, não sei exatamente quanto, mas foi muito, a ponto de calça super skinny ficar larguinha…achei que ia ficar louca…
Fui no psiquiatra, que receitou Valeriana – ele não pode receitar nada mais forte, por causa do meu historico de dependencia – e me encaminhou pro psicologo. Já fiz duas sessões. Tambem comecei tratamento espiritual na FEESP e outro a distância no Bezerra de Menezes. E eu tenho muito apoio, da familia, de alguns amigos e do pessoal da ABRAFIBRO que tem ajudado muito.
Ainda não estou 100%, mas estou caminhado, me esforçando pra sair dessa situação. Agora sei que leva tempo, mas minha fé já tá fortalecendo de novo e sei que preciso fazer minha parte, antes tinha que me esforçar pra levantar da cama, tinha vontade de fazer as coisas e não conseguia, não tinha força.
A boa notícia é que eu acredito que nada acontece por acaso, então como hoje eu comecei um novo tratamento espiritual, tambem estou marcando esse dia como o recomeço da minha jornada, em busca da minha saúde e equilibrio e convido a todos que se interessarem a acompanhar essa caminhada, pois vai ser muito importante pra mim…

Namasté!

5 comentários

  1. Menina! Que susto foi esse! Graças a Deus seu pai está bem e você já-já vai ficar, você vai ver. E olha, você é valente mesmo, não só quando aconteceu o acidente com seu pai mas agora também, taí fazendo o máximo que pode para se recuperar e ficar bem, e dessa forma não tem jeito, é melhora na certa, você vai ver. Tentei deixar um recadinho para vc aqui esses dias mas a minha senha não entrava, vamos ver se dá certo agora. Beijos e fique com Deus.

  2. Cris!!!!! Que sufoco. Que susto. Graças à Deus você encontrou forças, não dá para imaginar… Querida, se anime, você não está sozinha. Tanto as pessoas que estão pertinho de você quanto as que estão longe (como eu) estão mandando vibrações cheia de força, otimismo e afeto para você, Só não esquece de se cuidar, tá bom?

    Beijoca e desejo que você e seu pai se reequilibrem longo, no tempo que tiver que ser.

    Meire

  3. Bom saber que está se cuidando, viu? Na vida tudo passa, mas na hora H o terror entra em cena e sozinha é difícil sair. Espero que a fase aguda tenha passado já, vc tá no caminho certo! Se precisar estou por aqui (via e-mail). Beijokas!

Adoro comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s