Como salvar seu casamento

casamento

Imagem: lembrancinhasonline

Até um tempo atrás eu ficava irritada quando lia isso, achava meio absurdo deixar nas mãos da mulher a obrigação de salvar um relacionamento, hoje em dia nem tanto, continuo achando bobagem acreditar que uma calcinha provocante  vai salvar uma relação desgastada, sinceramente, só vai esquentar o clima e faze-los esquecer os problemas por um momento, mas eles vão continuar ali e assim que acabar o climão, vão sair debaixo da cama pra assombrar o casal novamente.
O que realmente salva um relacionamento é o diálogo. Não essa DR que só quer culpar o outro, levantar seus defeitos e os erros que ele comete. Mas uma conversa franca onde cada um tem espaço pra falar e disposição pra ouvir, sinceramente, o que o outro tem a falar. E se tiverem disposição pra mudar, melhorar o que não tá bom, porque cada um pode e deve assumir sua responsabilidade na relação, sem se preocupar com quem errou primeiro. Ninguem gosta de ouvir que está errado, mas a verdade é fundamental, é mais fácil apontar o dedo e julgar, do que baixar a guarda e aceitar. E a gente tem que lembrar que ninguem muda se não quiser, então, mesmo que o parceiro reconheça que erra, ele só vai mudar se quiser, não adianta ficar falando, cobrando ou acusando, se a gente vê que não dá mais pra conviver com certas coisas, melhor pular fora mesmo ou então, aceita de uma vez que a pessoa é assim e aprende a lidar com isso de forma positiva pra tocar a vida, porque se for pra desenterrar o problema de tempos em tempos, não dá né?

Tenham todos uma ótima semana!

Smiley piscando

4 comentários

  1. Ummm, não sei não… E se o marido for uma mula? Que não QUER conversar, se senti meio agoniado com o assunto “nós”? É difícil tomar essa decisão sozinha, uma conversa exige dois participantes ativos, porque senão a conversa vira monólogo (meu caso). Estou me cansando, Golfinho… Como um cara tão legal, cabeça aberta, pode ser assim: uma mula empacada? Tô tristinha…

    1. Amiga, meu marido tambem era assim, só dizer: “vamos conversar” pro cabra ficar tenso…rssss….vou fazer um post falando como foi tá? fica triste não que tudo tem solução viu. Beijão e conte comigo (mesmo) sempre que precisar! Qualquer coisa manda ver no e-mail “privado” que a gente se entende tá?

  2. Sei não, amiga! Você é tão fofa que acho que vou te chamar de Docinho (outra menina super poderosa) e não Golfinho… Agradeço a força e o carinho, é sempre uma delícia conversar com você e pode acreditar que me sinto super a vontade com vontigo e é ótimo o e-mail privado…

    1. Obrigada amiga, é que a gente se entende né?
      A gente precisa mesmo bater papo, trocar figurinha e pode ficar a vontade mesmo
      Espero que esteja bem e que a semana seja abençoada pra voce e sua familia!!!

      Beijão!

Adoro comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s