Insonia produtiva?

Não sei exatamente quando comecei a ter insonia, acho que foi na adolescência. Irônicamente, sempre gostei de dormir – meu sonho é fazer uma terapia do sono, tipo dormir até enjoar, mas enquanto isso, tive que aprender a lidar com ela de forma positiva, pra manter a sanidade. No final da adolescencia tomei remédio pra dormir, fiquei viciada e os efeitos colaterais não eram muito agradáveis, sofri muito pra ficar sem, por isso jurei pra mim mesma que nunca mais tomaria remédio sem antes tentar outras formas – mais saudáveis – de lidar com o problema.
A medida que o tempo foi passando percebi que não adianta tratar o sintoma, tem que tratar o motivo, no caso da insonia, ela pode ser consequencia da ansiedade, então, tenho que tratar a ansiedade, fácil né? Não sei o que é pior: ficar sem dormir por causa da ansiedade ou ficar ansiosa por que não consegue dormir, enfim, bati muito a cabeça, mas encontrei um jeito positivo de lidar com as duas.
Tem muita coisa que me tira o sono, o cansaço, ansiedade, tensão, nervoso, tristeza, preocupação, dor…e as vezes por nada, essa é a melhor insônia que existe, aquela que a gente simplesmente perde o sono e fica ligadona a mil por hora! eu sempre penso que podia ser pior, lembro da época da fibromialgia quando a dor não me deixava dormir, então hoje, agradeço a Deus por não estar com dor.
Antes quando tinha insôna ficava rolando na cama até perder a paciência e chorar, me desesperava. Quando minha mãe era viva, corria pra cama dela, nada que nem colinho de mãe pra fazer a gente dormir. Hoje em dia, tenho o marido, mas ele nem sempre tá com paciência, então já viu né? Daí o que eu faço? Levanto e vou ler, venho navegar na internet ou fazer alguma coisa que gosto e não seja muito barulhenta porque minha casa é pequena e não quero atrapalhar o sono dele. Tenho até um kit insônia pra emergências: meus seriados e filmes favoritos, alguns livros, sites e programas de tv que posso assistir, mas as vezes faço as unhas, passo roupa e já fiz  bolo e pintei o cabelo…eu procuro ver a insônia como algo positivo,  um momento pra entrar em contato comigo mesma e com Deus, as vezes procuro entender o motivo de estar acordada pra evitar o mesmo erro no futuro (nem sempre dá, mas eu tento).
Pra prevenir eu faço alongamentos, massagens e exercicio de respiração antes de dormir, tambem me sinto ótima quando eu faço meditação – isso tudo ajuda bastante tambem a suportar os efeitos da insônia, evitar o mau humor, irritabilidade, dor de cabeça, olhos ardendo (se fizer os exercicios com os olhos fechados), falta de concentração, cansaço exagerado e depressão (não é o meu caso, mas pode acontecer). Tem gente que evita dormir durante o dia, eu não, se puder tiro um cochilo, no máximo  30 minutos, só pra repôr a energia, senão chego no final da noite horrivel. As vezes tô tão cansada que fico na cama, quietinha, prestando atenção na respiração, tentando relaxar, uma coisa que eu não faço nessas horas é pensar em coisas ruins, a menos que tenha brigado com marido, ai, fico roendo a fronha pensando que devia pôr pimenta na cueca dele…enfim…vou aproveitar pra dar uns conselhos pra quem convive com gente que tem insonia tá?
Não façam isso de pressionar a pessoa pra dormir tá? Se ela diz que não com sono não é o fato de você falar que vai fazer o sono chegar! Tambem não adianta brigar porque ela fica nervosa, as vezes a gente passa tanto tempo sem dormir direito que isso afeta nosso sistema nervoso e a gente perde o controle facilmente. Coloque-se no lugar da pessoa. Não queria medicar ninguem se você não é médico. O abraço ainda é o melhor remédio pra quase tudo – no caso da insônia, sentir que a outra pessoa se importa e está ao nosso lado por ser mais eficiente que muito medicamento. Ahhh, mais importante de tudo: não discuta antes de ir pra cama, nem fale em assuntos polêmicos, dolorosos ou coisa parecida, principalmente se você sabe que isso a deixa abalada…
Ah o marido? coitado, já tá acostumado, acordar a noite e dar de cara com o zóião aberto, pior quando ele acorda porque eu tô rindo de alguma coisa na tv ou no micro, me chama de zumbi, vampira, coruja. Ainda quando estou pilhada e querendo conversar, rir, bagunçar, ele aproveita. Triste é quando bate o desespero e fico chorando (acontece, as vezes). Mas hoje em dia ele sai no lucro, antigamente a insonia me deixava em crise existencial e eu queria discutir a relação em plena madrugada…
Não façam isso viu? nada pior que discutir a realação de madrugada no meio de uma crise existencial…

Então, boa noite pra todos e durmam bem!!!

3 comentários

  1. cheguei aqui procurando pelo assunto, inacridtável seu bom humor pra lidar com isso Cris, vou pensar se isso não pode me ajudar tambem pq perco a paciencia, me irrito, isso abalou meu casamento a tal ponto que ele já ficou dias dormindo em hotel…como vc diz, seria bom se ele se colocasse no meu lugar, perdi emprego por causa disso, agora trabalho a noite, em casa, ganho muito bem, mas nem isso me deixa satisfeita, porque não aproveito nada o dia, sempre cansada…valeu pelo post, muito bom!

Adoro comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s