Dia 1 – limpando a casa

Segunda feira é dia de dar geral na casa e tambem de lavar roupa e sem querer reclamar, mas já reclamando, até isso é ruim de fazer no frio…no calor quando a gente troca de roupa tira no máximo 3 ou 4 peças, se contar que a gente usou calcinha, sutiã, short e camiseta, eu prefiro vestidos que dispensem uso de sutiã (gosto muito não!) então são só duas peças, já no inverno cada troca equivale pelo menos um terço do meu guarda roupa – sem exagero – é que me controlo, senão ia vestir mesmo tudo que tenho lá só pra ficar quentinha…daí na hora de lavar é um tal de separar isso daquilo, aquilo disso, que dá vontade de ser um gênio e inventar peças descartáveis, tipo fralda sabe, que você compra de pacote, usa e joga fora? É…mas já viu o preço de um pacote de fralda? imagina uma pacote de blusa de lã?!! Sabão em pó é mais barato…

 

282-barriga-chapada

Voltei pro treino hoje. Tive que pegar leve com a comida porque ainda tô um pouco inchada, é assim mesmo, como diz a Beth a gente acostuma com um tipo de alimentação e quando muda, o corpo sente e cobra o preço. Eu andei bem regrada sim, mas não foi tempo suficiente pro corpo sentir a mudança, afinal, nunca fico muito tempo sem comer doce, nem sou rigorosa com a comida, tento não exagerar, mas gosto mesmo de comer de tudo. Na verdade acho que ainda tinha uma sequela da outra crise, daí comi muito e deu nisso…

Não consegui trabalhar ainda, mas quero ver se termino uma barrinha de crochê, só pra ficar em paz com minha consciência…

Vou colocando as visitas em dia durante a semana – eu tô me saindo uma blogueira nota Zero né???!!! Sorry 😉 ?

Anúncios

2 comentários

  1. Você não é nota zero nem que queira, minha linda! Quanto a isso, fique tranquila! kkk
    Aqui não temos esse frio todo, ainda bem, mas já morei quase 3 anos em Piracicaba e trabalhava em SP capital, ia e voltava diariamente, pegava tanto frio, afinal saía de casa 5:30 da matina… Descia no Tietê, pegava outro busão até Pinheiros – quase Butantã, descia na ponte Euzébio Matoso, ali na marginal, trabalhei ali no Company, meu Deus, ali eu olhava o relógio/termômetro de rua, via a temperatura e me perguntva: ‘o que estou fazendo aqui?’ kkkkkkkkkkkkk DETESTO frio. E sou calorenta, imagine! Eu saía de casa com modelito cebola, várias camadas de roupa, chegava no trabalho e ia tirando aquele monte de casaco, pulover etc., na hora de ir embora botava tudo de novo… Ai, não gosto não. Aqui hoje está friozinho. Mas eu estou com uma calça comprida de malha, leve, uma blusinha de manga curta, havaianas no pé. Mais fácil né?
    Beijos amore, se cuide, nada de abusos tá? Já mandei um e-mail para você, há pouco, falando sobre o lance do Ap. do filho.
    Fique com Deus!

Adoro comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s