A importância de manter o foco

Manter o foco quer dizer trabalhar pra atingir um objetivo, sem se desviar do caminho, sem distrair a atenção mais que o necessário e se o fizer, voltar rapidamente ao controle, é, acima de tudo,  aprender a definir prioridades. 

Sei, sei. Manter o foco é o melhor caminho pra atingir qualquer objetivo, seja ele profissional, pessoal e até mesmo nos relacionamentos. Como o objetivo desse blog sempre foi o de falar das minhas experiências com a compulsão alimentar, é sobre isso que vou falar agora e talvez por mais um tempo. 
Venho me especializando em divagar, me distrair (as vezes até de propósito) dos meus objetivos e esse tipo de atitude gera insatisfação, todo mundo sabe né?

Vasculhei minhas coisas de CCA, encontrei essas dicas, não é material do grupo, mas me ajudou muito no começo e vai ajudar agora:

  1. Manter um diário pessoal, íntimo. Na primeira página podemos colocar os objetivos que queremos atingir, enumerados. Na segunda, o que vai fazer para atingir esses objetivos, detalhadamente.  E diariamente podemos dedicar pelo menos 5 minutos pra atualizá-lo, colocando a alimentação, atividades físicas, e podemos aproveitar pra contar como foi nosso dia no trabalho, nos relacionamentos, etc…
  2. Vamos evitar encontrar desculpas para nos desviar do nosso objetivo, afinal, já traçamos nossa meta, sabemos o que fazer, então não tem desculpa pra não continuar certo?
  3. Se algo efetivamente acontecer que nos desvie do nosso objetivo, retomaremos o trajeto imediatamente depois. As vezes uma visita inesperada, um trabalho urgente, um filho doente, tudo isso requer nossa atenção naquele momento, mas isso não nos impede de continuar o que começamos.
  4. Não esperar momento certo. O erro mais comum das pessoas é deixar tudo pra segunda feira ou dia 1º ou pro ano novo, mês que vem…e aí vai adiando o começo das coisas indefinidamente e a insatisfação tambem. O momento de fazer qualquer coisa é agora, já, não deixe pra amanhã o que pode fazer hoje.
  5. Ser sua maior prioridade sempre! de que adianta ser uma boa esposa, mãe, filha, profissional, amiga…se você não está satisfeita ou feliz com você mesma? se não tem disposição de brincar com as crianças, paciência ou segurança pra curtir momentos intimos com seu marido, alegria pra lidar com a familia, satisfação pra trabalhar? É preciso investir no seu bem estar, na sua saúde, estar bem consigo mesma vai refletir diretamente nas suas relações, na sua vida em geral.
  6. Não coloque expectativa nas outras pessoas…não seja infantil, imatura. Faça você o que precisa ser feito, faça sua parte, estenda seu bem estar a todos a sua volta, mas mantenha-se atento pra evitar que a expectativa afete sua determinação.

É isso. Fácil né? lendo assim até parece…

Namastê!

 

About these ads

7 comentários

  1. Ah….esqueci de comentar com vc:
    Através do seu blog, contactei uma pessoa do CCA.
    Ela foi super atenciosa e depressa respondeu meu e-mail.
    Infelizmente não tenho nenhum grupo por perto de minha cidade e/ou Campinas – SP.
    Mas mesmo assim valeu!!!
    Beijos

  2. Cris, realmente era difícil tirar olhos do corpo do” bruce lee”.kkkkk!os caras tem um condicionamento físico impressionante. tudo certinho, definido,é de babar!!!não sei se é a luta que os deixa assim ou a natureza que foi abençoada com eles…rsss!e a cara de ruim que eles tem é tuuudo de bom!kkkkk!
    mas deixa eu limpar a baba aqui…rsss
    a nossa cidade realmente tem falta de memória.aliás, o brasil todo.as ruínas daquela vila operária são uma dó. aquilo restaurado seria um ponto turístico fantástico, é o retrato de uma época afinal.tudo está se perdendo e ninguém tá nem aí..
    Bom feriadão Cris!!
    Bjs!

  3. Mor, bom dia! nem lendo parece fácil não viu? parece tão óbvio q toda atitude compulsiva envolve os sentimentos e o nosso lado emocional…mas na pratica é mais em baixo esse buraco rsrs.Eu durante um tempo em que me sentia magra e reeducada conseguia não pegar o primeiro bocado sabe? e dava certo, por exemplo…se tinha uma caixa de bombons no armário eu evitava de ver, de pensar nela..se alguém fosse comer eu saia de perto e tal…e assim emagreci e me sentia acima dessas questões.Depois de chegar aos 62 kilos alguma coisa lá dentro começou a me dizer :hj pode vc está magra…ou…mas vc nunca mais vai comer? E abrindo as velhas e malditas excessões cheguei novamente aos 67,500. Hj estou com 66 mas sei que não vai ser fácil se eu chegar nos 60 e começar a relaxar de novo. As vezes me canso de pensar nesse assunto e acabo de descobrir também q estou pensando bem menos do q agindo viu???^^ÔÔÔ vida paiolllllllllll rsrsrsrs…copiei o seus tópicos aqui, vou começar uma nova luta, marquei o dia de hj como o dia oficial de recomeço da guerra mesmo, vai dar certo, eu sei.Vc me inspira a ser melhor sempre, são amigas assim q mamãe gosta q andem comigo rsrsrsrs…bjussssssssssssssssssssssss

Adoro comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s